Berlim

Demorei a conhecer esta cidade que já queria visitar há muito tempo mas nunca conseguia encaixá-la em meus roteiros.

Morando em Paris por um tempo, consegui  encontrar umas amigas brasileiras e fiquei 3 noites por lá.

Adorei a cidade! Ela tem uma história muito recente e vários lugares interessantes para visitação.

QUANTO TEMPO FICAR

Eu só pude ficar por 3 noites, mas recomendo  4 ou 5 pra dar tempo de ver tudo sem ter que correr…

Eu não curto muito boates (prefiro bares)  mas sei que a cidade é super conhecida  por ter ótimas opções. Então, se você curte uma night, a boa é encaixar Berlim entre quarta e domingo.

O QUE FAZER

CHARLOTTENBURG

É um antigo Palácio do Reino da Prússia. Ele foi construído entre 1695 e 1699 por ordens  da Princesa Sofia, esposa do Príncipe Frederico III. Durante a Segunda Guerra Mundial ele foi parcialmente destruído e após 1945 foi reconstruído, servindo atualmente como Museu.

Entre 2004 e 2006 ele foi temporariamente usado como sede da Presidência da Alemanha.

O ingresso que dá direito a visitação do Palácio e jardim custa 12 euros por pessoa.

O Palácio de Charlottensburg visto dos jardins
O Palácio de Charlottenburg visto dos jardins

BERLINER FERNSEHTURM

É a torre da televisão, na Alexanderplatz. Com uma altura de 368 metros, oferece uma vista privilegiada da cidade. O ingresso custa 14 euros por pessoa e a visita tem hora marcada. Mas é possível comprar o bilhete e marcar para 15 ou 30 minutos após.

KAISER-WILHELM-GEDÄCHTNISKIRCHE

Esta Igreja era enorme mas durante a Segunda Guerra Mundial sofreu bombardeios e um incêndio a destruiu quase toda. Resolveram não restaurá-la e ela se tornou um símbolo para lembrarem os estragos causados por uma guerra. Há em seu interior vários mosaicos originais, porém como um quebra-cabeça com partes faltando.

A Torre da Televisão (Berliner Fernsehturm) e a Igreja destruída (Kaiser Wilhelm).
A Torre da Televisão (Berliner Fernsehturm) e a Igreja destruída (Kaiser Wilhelm).

ZOOLÓGICO E TIERGARTEN

É uma grande área verde! Não entramos no Zoológico por falta de tempo, mas passeamos pelo Tiergarten, que é o maior parque da cidade e lugar lindo para caminhadas, prática de exercícios e atividades ao ar livre, como picnics. Recomendamos um passeio por ele.

Tiergarten
Tiergarten

REICHSTAG

É um Palácio sede do Parlamento federal da Alemanha, localizado no distrito de Mitte. Em 1894 foi finalizada a sua construção.

Um mês após a nomeação de Adolf Hitler para o cargo de chanceler da Alemanha o prédio foi incendiado, em fevereiro de 1933. Hitler declarou que o incêndio fora causado pelos comunistas e decretou estado de emergência, encorajando o presidente da época a assinar um decreto que suspendia a maioria dos Direitos Humanos garantidos pela constituição.

O prédio também foi destruído por ataques aéreos durante a Segunda Guerra, e sua reconstrução foi de 1961 a 1964.

Dia 19 de abril de 1999 ele se tornou a Sede do Parlamento. Sua cúpula é um dos pontos turísticos mais importantes da cidade, oferecendo uma vista privilegiada da cidade.

A visitação é gratuita porém deve ser agendada com antecedência. Recomendamos agendar pela internet uma semana antes. Caso você não tenha feito a reserva e queira ir visitar mesmo assim, deve ir a uma casinha que tem em frente à entrada, do outro lado da rua, e enfrentar uma fila grande e nada rápida.

A cúpula do Reichstag, aberta à visitação.
A cúpula do Reichstag, aberta à visitação.

BRANDENBURG GATE

Encomendado pelo Rei Frederico Guiherme II da Prússia, a Porta foi construída no bairro de Mitte, entre 1788 e 1791, como um sinal de guerra. Tendo sofrido danos consideráveis durante a Segunda Guerra, foi totalmente restaurada entre 2000 e 2002.

Após a queda do Muro de Berlim, o monumento virou um símbolo de paz e unidade.

Recomendo a visita de dia e de noite, para vê-lo iluminado. Ele costuma acender pouco antes do sol se pôr.

Durante o dia, na região do Portão há vários guias disponíveis para um tour gratuito (você paga o que quiser e achar que o guia merece) em diversos idiomas. Fizemos este tour e achei muito bom! Recomendo! Passamos pelos pontos mais importantes do Bairro em aproximadamente duas horas a pé. Vá com sapatos confortáveis.

MEMORIAL DO HOLOCAUSTO

É um memorial em homenagem aos judeus mortos no Holocausto, inaugurado em maio de 2005. São 2.711 blocos de concreto construídos para produzir uma intranqüilidade, um clima de confusão, em uma área de 19.000 m². Fica a poucos metros do Portão de Brandenburg, e é um dos pontos passados pelo tour citado na descrição do Brandenburg Gate.

Memorial do Holocausto
Memorial do Holocausto

MUSEU DO MURO DE BERLIM (Berlim Wall Memorial)

Trecho do muro com fotos e textos explicativos sobre a divisão da cidade, e uma forma de homenagem às pessoas que morreram ou foram mortas tentando ultrapassá-lo. No Centro para Visitantes e no Centro de documentação há um maior acervo de fotografias da época. A entrada é gratuita.

Museu do Muro de Berlim
Museu do Muro de Berlim

EAST SIDE GALLERY

Galeria de arte gratuita a céu aberto. Vários artistas pintaram, expondo suas obras no próprio muro. São 1.113 metros de muros com 105 obras pintadas por artistas do mundo inteiro. Adorei o passeio por lá!

CATEDRAL DE BERLIM

Essa  igreja protestante foi construída entre 1895 e 1905, às margens do Rio Spree, na Ilha dos Museus. Linda por dentro e por fora!! A visita custa 5 euros e dá acesso à parte interna e ao Dome, que possui uma incrível vista de 360° da cidade.

A lindíssima e imponente Catedral de Berlim
A lindíssima e imponente Catedral de Berlim

ONDE SE HOSPEDAR

Os melhores bairros para se hospedar são Mitte e a área que cerca o Jardim Zoológico.

Eu fiquei hospedada no Hotel Otto, na área do Zoológico. O quarto é muito bom, espaçoso e aconchegante. A cama é maravilhosa daquelas que dá vontade de passar o dia todo dormindo, super confortável.  As ”amenities” são ótimas e o secador de cabelos é daqueles bem potentes.

Uma garrafa de água nova a cada dia no quarto, como cortesia, é também um detalhe que faz diferença.

Quarto muito bom do Hotel Otto.
Quarto muito bom do Hotel Otto.

Os funcionários são simpáticos e prestativos, porém a recepção só funciona até às 23 horas. Com a chave do seu quarto é possível entrar no hotel após este horário.

O Café da manhã é muito bom, com pães, tortas, cereais, iogurtes, frutas, champagne, sucos, frios, ovos, saladas  e salsichas,  em um restaurante com terraço e vista bonita. Neste mesmo restaurante, diariamente entre 14 e 21 hrs é servido um lanche com bolos e cafés de cortesia.

Café da manhã do Hotel
Café da manhã do Hotel Otto, que tem até Champagne… rsrs
Este é o terraço muito lindinho do Hotel Otto.
Este é o terraço muito lindinho do Hotel Otto.

A estação de metrô mais próxima é a Ernst-Reuter-Platz, de onde facilmente chega-se a qualquer lugar.

Para fazer a reserva podem (e devem! rsrs) utilizar a janela do Booking.com aqui na página do V.I.

COMO SE LOCOMOVER

É fácil andar de metrô lá. Durante os finais de semana, eles funcionam 24 horas por dia e durante a  semana, de 4 hrs à 1 hr da manhã.

Antes de ir pra lá, achei todas as informações que eu precisava com relação a transportes no site Simplesente Berlim. Vale muito a pena. A matéria é super completa.

Nossas dicas acabam por aqui e esperamos que vocês amem Berlim como nós amamos!!

Boa Viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *