Rapel no Dois Irmãos

Fomos convidadas para conhecer o trabalho da empresa Na Trilha RJ e fizemos rapel no Morro Dois Irmãos, no Rio de Janeiro. Éramos um grupo de 8 pessoas e foi o primeiro rapel de muitos do grupo.

O Giovanni (dono da empresa) e o Renato foram os nossos guias. Super pacientes e atenciosos, explicaram detalhadamente como tudo funciona. Os equipamentos deles para o rapel são muito seguros porque parece que tem 2 freios, e o mais comum é ter apenas um.

Nos encontramos no Sheraton da Av. Niemeyer e fomos andando até a entrada do morro Vidigal. Lá, subimos em mototaxis (R$ 5 por pessoa) e a aventura já começa dali. Os motoqueiros já estão acostumados a fazer muitas viagens por dia, por isso se arriscam nas manobras na única rua que sobe até o ponto mais alto da comunidade, que é mão dupla.

Os que sobreviverem a este primeiro desafio, (Ahahaahaha, a subida é com emoção!!), começam a trilha a partir da quadra da comunidade. Quem não quiser andar de moto, também há a opção da kombi (R$ 3 por pessoa)… A trilha dura cerca de 1:15 hr e é bem íngrime. No caminho até o topo, tem várias paisagens lindas (praias) e surpreendentes (como ver de cima o tamanho da Rocinha… que é uma “cidade” enorme!).

Trilha Dois Irmãos
Trilha Dois Irmãos
A Rocinha vista do alto
A Rocinha vista do alto

Como em qualquer trilha, use e abuse do protetor solar (lá no topo não há sombra). Recomendo tênis e roupas leves, boné pra proteger do sol intenso, muita água, e algo para comer.

No nosso grupo éramos 8, mas apenas 7 fizeram o rapel. Como a equipe do NaTrilhaRJ tem 2 equipamentos, fizemos de um em um. Sempre o Giovanni em uma das cordas e algum de nós na outra. O início é meio aterrorizador (pra não falar totalmente)!!! Eles prendem os equipamentos de segurança em nós e o primeiro passo (literalmente) é na direção do abismo, e de costas, soltando nosso peso como se fôssemos nos jogar! rsrs, dá um certo pânico, adrenalina bizarra, mas compensa. Hehehe

Rapel
Rapel

Lá no Dois Irmãos, descemos 7 metros em rapel desde o topo, e depois há uma “trilhinha” super rápida para voltarmos à parte mais alta até que todos tenham feito. Isso demora bastante e por isso o protetor solar é importante, já que ficamos sem nenhuma proteção contra o sol.

Quando eu fui, havia uma barraquinha lá no alto com uns ambulantes vendendo bebidas geladas. Adorei porque minha água já tinha acabado na ida.

Rapel no Dois Irmãos
Vista do topo do Dois Irmãos
Rapel
Rapel

A volta é mais fácil pois você está dando Graças à Deus por ainda estar vivo. Ahahahahhaha, descemos em uns 45 minutos e novamente pegamos um mototaxi na quadra para descermos até a Av. Niemeyer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *